A dupla Kleiton & Kledir lançam no Brasil álbum gravado em espanhol no ano de 1984

Imagem/https://www.letras.mus.br/

No auge do sucesso em 1984 a dupla Kleiton & Kledir viviam um excelente período em suas carreiras. Iniciado em 1980, ano de formação da dupla gaúcha, quando gravaram e lançaram dois álbuns de forma quase simultânea. A capa era a mesma, mas o conteúdo era diferente.

Um LP era o quarto álbum de estúdio e de músicas inéditas da dupla Kleiton Ramil & Kledir Ramil, naturais de Pelotas (RS). O disco saiu no Brasil em 1984, o outro LP era um disco em espanhol direcionado para a América Latina, tendo sido produzido por Bernardo Bergeret e lançado em 1985.

O album Kleiton & Kledir en espanõl era inédita coletânia de sucessos da dupla, direcionados para o idioma de países vizinhos do RS, como Argentina e Uruguai. Até então inédito no mercado fonográfico do Brasil o álbum Kleiton & Kledir en espanõl ganha a primeira edição nacional na sexta feira, 23 de outubro.

O disco tem a participação da cantora Mercedes Sosa (1935/2009) na música Siembra. Trata-se de versão em espanhol feita pelo escritor Mexicano Edmundo Font – de Semeadura ( Vitor Ramil e José Fogaça,1981) composição apresentada por Kleiton &Kledir no segundo álbum da dupla.

Na época a dupla já atravessava as fronteiras do Brasil e realizam shows em Buenos Aires, capital da Argentina, o que facilitou a aproximação com artistas portenhos como a cantora Mercedes Sosa, artista que a dupla tinha conhecido em Cuba em 1981 e o cantor e compositor argentino León Gieco.

Não é por acaso, que o cantor Gieco participa do disco em espanhol da dupla, participando da música Estrella, Estrella versão em espanhol de Estrela, Estrela(1981), canção que impulsionou a carreira do compositor da música, Vitor Ramil, irmão de Kleiton & Kledir.

Não é por acaso que no quarto álbum para o Brasil, produzido por Marco Mazzola juntamente com o disco para a América Latina, Kleiton & Kledir gravaram só Peço a Deus, versão em espanhol de (Kledir Ramil) de Solo le Piedo a Dios (1978), uma das músicas mais conhecidas do cancioneiro de Léon Gieco.

Além das relações latino americanas com Mercedes e Gieco, o álbum Kleiton & Kledir en espanõl, alinhou versões em espanhol de sucessos como Maria Fumaça, Deu pra Ti, Paixão e Tô que Tô, intituladas Ferrocarril, Para mi basta Ya, Pasión e No eso no.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: